e-goi

quinta-feira, 20 de maio de 2010

POR QUE NÃO TEMOS MAIS GREVES????

POR QUE NÃO TEMOS MAIS GREVES????
REPASSANDO.. .       





 
Olha aí onde estão os "companheiros" sindicalistas e os seus salários atuais! As greves desapareceram  pois quem tem a chave do cofre (orçamento) distribui dinheiro da  maneira que quer e a compra das  consciências acontece...

No Brasil, uma nova maneira de  governar foi criada.  Em Brasília, há  passe livre para os egressos dos movimentos sindicais, principalmente se forem ligados  ao PT.
Para essas pessoas parece que as portas são mais largas  e os caminhos menos sinuosos.  Criou-se na capital federal a casta dos integrantes da República Sindical  Brasileira. 
 
"Nunca dantes na história deste País" tantos ex-dirigentes sindicais ocuparam   postos chaves no destino da Nação Brasileira.  É sobre essas pessoas, o que faziam e o que estão fazendo agora que nós iremos  falar.
 
Os privilegiados:

Jair  Meneguelli - torneiro mecânico e ex-presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC.
Alguém lembra dele? Pois bem, ele sumiu. Fomos procurá-lo. Sabe onde o encontramos? Hoje ele se encontra em  Brasília. É Presidente do Conselho Nacional do Sesi e comanda um orçamento deR$ 34.000.000,00.
Salário atual: R$ 25.000,00. Salário anterior (no tempo de sindicalista) R$ 1.671,61.
 
Heiguiberto Navarro - ex-presidente do Sindicato dos metalúrgicos do ABC.
Encontramos também. Sabe onde? Em Brasília. Sabe o  que ele faz hoje? É assessor do secretário nacional de estudos e políticas da Presidência da República..
Gostaram do nome? Salário atual R$ 6.396,00. É ele quem articula os eventos do Presidente Lula quando ocorrem fora do palácio do planalto. Recordando, ele é ferramenteiro e na época tinha um salário de R$  1.671,61.
 
João Vacari Neto - bancário, ex-presidente do Sindicato dos Bancários de São Paulo. Também o encontramos. Adivinhe onde? Brasília. Certa a  resposta... O que ele faz atualmente? É membro do Conselho Nacional de  Itaipu. Ajuda a decidir sobre a alocação do orçamento de Itaipu, cerca de R$ 4.500.000.000, 00.
Salário R$ 13.000,00. Antes o seu  salário era de R$ 4.909,20. 
  
Paulo  Okamoto - fresador, ex-tesoureiro da CUT.
Está sumido do noticiário,  mas nós o encontramos. Sabe onde? Em Brasília. Certa a resposta. O que ele faz hoje? Presidente do SEBRAE. Salário R$  25.000,00. Comanda um orçamento de R$ 1.800.000.000,00. Salário  anterior, quando era pobre, R$ 1.671,61.
   

Luis  Marinho - pintor de veículos - ex-presidente da CUT. Lembram dele?  
Um doce para quem disser onde fomos encontrá-lo. Certa a resposta. Estou devendo um doce para milhões de pessoas. Bem feito! Estou ferrado!
O que é que ele está fazendo em  Brasília? Virou Ministro da Previdência Social.
Salário R$ 8.363,80.
Comanda um orçamento de R$ 191.000.000.000,00. Anteriormente o seu  salário era de R$  1.620,40.

Wilson Santarosa - operador de transferência e estocagem, presidente do sindicato dos petroleiros de Campinas. Está no Rio de Janeiro. É gerente  de comunicação da Petrobrás e membro do conselho deliberativo da Petros.
Salário atual R$ 39.000,00 comanda um orçamento de R$ 250.000.000, 00. Salário anterior era de R$3.590,90.
 
  João Antonio Felício - professor de Desenho e História da Arte e  ex-presidente da CUT. É outro que está no Rio de Janeiro. É atualmente membro do conselho do BNDES.
Salário R$ 3.600,00 por reunião da qual participa com direito a transporte, hospedagem mais ajuda de custo. É um dos responsáveis pela aprovação do orçamento do  BNDES de R$ 65.000.000.000,00. Tem sob sua responsabilidade opinar sobre sua destinação e acompanhar a execução. Salário anterior R$ 1.590,00.
 
Sergio Rosa - escriturário e ex-presidente da  confederação nacional dos bancários. Também se encontra em Brasília.
É atual presidente do Previ, Fundo de previdência dos funcionários do banco do Brasil.
Salário atual de R$ 15.000,00. Comanda um orçamento de cerca de  R$ 106.000.000.000,00. Salário anterior R$ 4.500,00.
 
José Eduardo Dutra - geólogo, ex-presidente do Sindiminas de Sergipe, hoje Sindipetro. Hoje, graças a Deus se encontra em Brasília onde é presidente da BR distribuidora com um mísero salário de R$ 44.000,00.
 Comandará, entre  2008 a 2012, um orçamento de R$ 2.600.000.000, 00. Salário anterior era de R$ 10.000,00.
 
Wagner Pinheiros – analista de investimentos.  Diretor da Federação dos  Bancários de São Paulo. É outro que faz  parte da Nova República. É  presidente da Petros, fundo de pensão dos  funcionários da Petrobrás.
Salário atual apenas R$ 44.000,00. Comanda um patrimônio de R$  32.400.000.000, 00. Salário anterior: R$ 5.232,29. É bom frisar que o  salário anterior era o salário percebido como dirigente sindical.
 
Como se não  bastasse esses que aqui foram citados, outros estão lá, levados que  foram pela força do voto popular.  Vide casos: Vicentinho,  professor Luizinho, João Paulo Cunha e outros  menos ou mais cotados.

Nenhum comentário: